PT | EN | FR
CLOSE

CABEÇA DE NABO ROXA

É das culturas dos quais conseguimos fazer um maior aproveitamento e que desde sempre faz parte da dieta dos portugueses. Seja a cabeça (com ou sem rama), como nabiça (folhas) e como grelo (escape floral).

A sua importância é tal que houve mesmo quem criasse uma confraria em sua homenagem – a confraria do nabo em Carapelhos – bem como de inúmeras festas e romarias que ecoam o seu nome e pratos a ombrearem-no.

A sua raiz (Brassica rapa var. rapa) é uma hortícola de raiz comestível. Carateriza-se por um sistema radicular carnudo, podendo assumir diversas formas e ter coloração uniforme ou bicolor, sendo branco ou roxo as mais comuns.

Em termos de folhagem estão dispostas em roseta, vulgarmente conhecida como nabiça. A sua cor oscila entre verde médio e escuro, rugosas, ásperas e pubescentes.

Onde se localiza a sua flor encontra-se o grelo – nome comercial.

O fruto é uma síliqua (fruto seco, longo e estreito).

COLHEITA
Se for a nabiça, a colheita deve ser feita pela manhã, já que se encontra mais fresco.

Quando se faz a primeira colheita esta deverá ser feira em 5 semanas, e a colheita principal entre 6 a 10 semanas. Não há uma medida pré-estabelecida, apenas que quanto mais pequena for a rama maior é o sabor.

A altura deverá estar compreendida entre 7 e 12 cm de comprimento.

Sendo o nabo, o seu diâmetro deverá estar compreendido entre 50 e 70 mm de diâmetro.

ARMAZENAMENTO
Quando colhido, o nabo pode ser armazenado por 3 ou 4 meses com uma cama feita de palha.

Nome comum:Nabo
Família: Brassicaceae
Género:Brassica
Flores: Verde e amarelo
Florescimento: A plantação pode ser feito no fim do Verão até ao início da Primavera, variando com o clima da região. Se o clima for ameno pode ser semeado todo o ano.

A colheita em si pode ser feita 40 a 80 dias depois da semeadura. Se se optar pela colheita da nabiça, o corte deve ser rente à cabeça de nabo, havendo depois novo florescimento.